Itália: Origens

SEREGNO (ITÁLIA) – Quando o avião começa a se preparar para descer em solo italiano e você olha pela janela, finalmente sente aquele frio na espinha e ansiedade, que não sentiu na normalidade da chegada à Portugal. Parece que finalmente está chegando ao seu destino. Você pensa nos desbravadores do mar e no caminho inverso que, 90 anos atrás, partindo de navio, seu avô fez, da Itália ao Brasil. Nos dias seguintes, em uma pergunta rotineira sobre se algum de seus primos já havia estado na Europa, você se dá conta que é primeiro dos descendentes de seu avô a retornar a sua terra natal, retornar à suas origens.

Sem pretensão alguma, posso afirmar que definitivamente minha viagem a Itália não pode ser comparada com nenhuma outra que turista algum fez – ninguém teve essa experiência.

E a experiência na Itália foi incrível não por cidades turísticas (embora isso esteja incluído no pacote, Roma – belíssima!!! – e tudo o mais), mas por que conheci a verdadeira Itália. O interior italiano, a vida italiana, o manjare italiano. Mas principalmente as pessoas, a minha família.

No lugar da assepsia turística das cidades que são o destino comum, uma tarde à beira de um belíssimo lago, em uma cidade do interior, sentado a uma mesa conversando com seus primos enquanto anoitece, ilustra a experiência da verdadeira Itália, não apenas aquela dos cartões-postais.

Percorrer de carro o caminho que meu avô, criança, fazia a pé, visitar a casa da família, onde nasceu e cresceu, que ainda existe e é da família, assim como o moinho e os campos por onde passava e trabalhava, é uma experiência incrível. Um retorno às origens. Fazer uma oração no túmulo de meus bisavós já teria feito a viagem valer a pena.

Mas não apenas o passado, mas pelo presente. Re-conectar dois irmãos (meu avô e sua irmã) separados pela vida e pelo mundo, que se emocionam ouvindo a voz um do outro ao telefone, ainda que em línguas diferentes. Re-conectar a família. Não há palavras, apenas sentimentos e emoção. Uma bela jornada.

Anúncios

Sobre Márcio Carlomagno

Mestrando em Ciência Política. Formado em Comunicação Social e em Gestão Pública. Um curioso e um palpiteiro sobre a sociedade, a política, as artes, e de tudo um pouco.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Itália: Origens

  1. Joyce disse:

    Márcio querido amigo!
    Me emociona ler oq vc é, oq escreve, oq vive.
    Te admiro mais ainda como pessoa.

    Deus te proteja, abençoe e de muito sucesso!
    Te adoro, beijos Joyce.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s