Esqueça o Brasil

Disse a mim mesmo que escreveria uma etnografia sobre isso. Digo muitas coisas a mim mesmo. Não sei se o farei ou não, mas quem sabe o faço, né? O que não compreendo são os brasileiros atravessam o oceano e vêem para o outro lado do mundo, para…  viver e confraternizar só com brasileiros, procurar lugares brasileiros a ir, brasileiros a conhecer, musica brasileira para ouvir, comida brasileira…  poxa, ficasse no Brasil! Amo meu país mas, longe dele, quero ficar longe dele. Me interessa o governo português enquanto aqui estiver, não o brasileiro. Assim como novas culturas que possa conhecer, não o que já conheço. Qual será o mecanismo sociológico, psíquico ou antropológico que explica esse comportamento? Isso nem Geertz nem Freud me explicaram. Quem sabe não sou eu que irei escrever a respeito, né? Aguardem. Ou não, como diria Caetano.

Anúncios

Sobre Márcio Carlomagno

Mestrando em Ciência Política. Formado em Comunicação Social e em Gestão Pública. Um curioso e um palpiteiro sobre a sociedade, a política, as artes, e de tudo um pouco.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s